Filme Eu, Olga Hepnarová e jovens LGBTs de hoje: O que tudo isso tem a ver?

48
views

Na sobriedade das imagens em preto e branco, na dura sonoridade dos diálogos e no mosaico de informações não facilmente decifráveis, o Eu, Olga Hepnarová sobre a jovem introvertida e atraída sexualmente por mulheres revela proximidade com a experiência de jovens LGBTs de hoje e de todas as partes do mundo

Não espere um filme em ritmo acelerado Eu, Olga Hepnarová, com uma personagem lésbica glamorosa, de cabelo colorido e com fortes influências da cultura pop, em uma trajetória de dramas e obstáculos até o alcance do sucesso.

Com um ritmo lentamente dolorido e baseado em fatos reais, o longa Eu, Olga Hepnarová, dos diretores Tomás Weinreb e Petr Kazda, apresenta a história da última mulher executada na Tchecoslováquia – isso na década de 1970 – e com toda a carga de realidade que uma obra produzida a partir desse contexto histórico e social pode trazer.

enter image description here

Olga (interpretada por Michalina Olszanska) é uma jovem introvertida, atraída sexualmente por mulheres e dona de um comportamento classificado como incomum.

Ela faz parte de uma família emocionalmente distante, que a trata como um elemento estranho e sugere tratamentos e diferentes “correções” para o seu caso.

Por sua vez, a personagem afasta-se cada vez mais do convívio familiar, até que sua paranoia, aliada à dificuldade de se relacionar com outras pessoas, levam-na a uma situação limite aos 22 anos de idade.

enter image description here

Se em uma análise superficial o filme pode parecer um tanto quanto distante da realidade atual, o mais interessante é aquilo que se descobre ao assisti-lo: na sobriedade das imagens em preto e branco, na dura sonoridade dos diálogos e no mosaico de informações não facilmente decifráveis, a proximidade com a experiência de jovens LGBTs de hoje e de todas as partes do mundo é algo digno de nota.

enter image description here

“Mesmo que nossa época seja de democracia e liberdade, fenômenos iguais parecem continuar aparecendo. Mesmo hoje, um sentimento de melancolia persiste em toda a sociedade. Em um ambiente relativamente próspero, existe um sentimento de solidão e alienação no meio de cidades lotadas. Em um nível individual, os sentimentos de ser diferente ou intimidado são perpetuados, bem como os elementos de racismo e assédio. Não é visível que os fenômenos sociais de hoje, como a popularidade generalizada dos animais de estimação, explicam uma deterioração das relações interpessoais? Não é apenas uma questão de tempo até que o próximo indivíduo ou grupo do mesmo tipo como Olga Hepnarová aparecerá?”, afirmam os diretores.

enter image description here

Eu, Olga Hepnarová por vezes nos faz lembrar do cinema de Ingmar Bergman, em que a exterioridade e a plenitude das imagens dá passagem à imensidão interior dos personagens.

A ênfase na expressão facial de Olga parece ser um dos elementos a serem decifrados pelo expectador na tentativa de entender o que se passa na mente e no coração da protagonista.

enter image description here

Outro ponto forte do filme são as frases de Olga, tão potentes quanto granadas, tais como “Nunca fiz nada de errado, mas, mesmo assim, a sociedade sempre me tratou com uma brutalidade absurda” ou “Eu sou uma “Prügelknabe” (vítima de perseguição – bullying). Eu gostaria de pedir que parassem de gerar essas criaturas. Porque assim, mais ninguém pensaria como eu e faria o que eu fiz”.

“Na história de Olga gostaríamos de enfatizar, acima de tudo, a frieza e crueldade na sociedade como um todo. As pessoas se tratam com indiferença, sem empatia e compreensão, interessadas apenas em si mesmas. Por isso, o que queremos salientar é que, em relação ao ato Olga Hepnarová, a culpa e responsabilidade são compartilhadas por todos os que entram em sua história”, finalizam os diretores.

enter image description here

Filme de abertura da Mostra Panorama do Festival de Berlim no ano passado, Eu, Olga Hepnarová estreia no Brasil em 16 de fevereiro de 2017.

Imagens: Eu, Olga Hepnarová // Divulgação.

Entre para a nossa Área Vip Agora!

Receba GRATUITAMENTE mais conteúdos [email protected] no seu E-mail

Fique tranquilx, não fazemos SPAM. Somos contra essa prática. =)